Saltar para: Post [1], Comentar [2], Pesquisa e Arquivos [3]



ao dia 8, o resumo de '15

por cem-noites, em 07.01.16

dois mil e quinze foi-se embora assim num instante. e reservou muitas coisas para o final. passados anos, e mesmo quando houve momento em que achei que isso jamais iria ser possível novamente, a vida deu-me o presente de poder voltar a ter os meus pais reunidos na mesma noite de Natal. e é por isso que tenho tanto orgulho nos pais que tenho. porque não deve ser fácil para duas pessoas que ao fim de vinte anos perceberam que tinham caminhos de vida diferentes e ao fim de seis estarem separadas voltarem a juntar-se na mesma sala. na mesma noite. em prol de um valor maior, a família. e sei que acima de qualquer outra coisa foi por mim e pelo meu irmão. o amor que os pais sentem pelos filhos deve, realmente, ser do caraças. uma coisa que não se explica mesmo. 

no fim, mesmo a dias de terminar 2015 mostrou que há amizades que terminam também porque não há volta a dar. porque há pessoas que vêm e que têm de ir embora por ser a simples lei natural da vida. mas também provou que as amizades mais antigas podem sair reforçadas. por jantares, olhares e gargalhadas. permitiu-me fazer amizades novas que espero que durem muitos, muitos anos. 

foi um ano que anteviu um bocadinho do que provavelmente será o futuro profissional e que a nível académico deu sabores e dissabores. deu trabalho (muito trabalho!) noites mal dormidas, injustiças e até mesmo lágrimas. 

deu-me amor, muito amor. deu-me inseguranças que nunca tinha provado, mas mostrou-me que a pessoa que já me tinha dado se manteve ali, pronta para aguentar com as minhas inseguranças, para mostrar o quão parvas eram e para me dar segurança do amor. deu-me muitos passeios, fez-me conhecer as praias mais bonitas de portugal. 

deu-me livros, filmes e séries (quase, quase a acabar a primeira temporada de 'os mistérios de Laura' e a segunda já está a começar na fox). mostrou-me paisagens lindas e a beleza de uma natureza sem igual. fez-me apaixonar mais pelo mar, pelo pôr do sol, pela lua e por Sintra. fez-me gostar andar mais de mota. permitiu-me mimar-me mais e ir mais vezes ao sushi. deu-me umas férias como há muito não tinha e que não me importava de repetir.

não foi um ano para cima de espectacular. mas não me posso queixar. obrigada a 2015 e que 2016 seja mil vezes melhor! 

Autoria e outros dados (tags, etc)

publicado às 23:50


1 comentário

Sem imagem de perfil

De Nês a 25.01.2016 às 15:19

Escreves muito bem!

Comentar:

CorretorEmoji

Se preenchido, o e-mail é usado apenas para notificação de respostas.

Este blog tem comentários moderados.

Este blog optou por gravar os IPs de quem comenta os seus posts.



Mais sobre mim

foto do autor