Saltar para: Post [1], Comentários [2], Pesquisa e Arquivos [3]



Lições

por cem-noites, em 08.06.15

Com o passar dos anos, fui aprendendo a modelar o meu orgulho. Fui aprendendo a 'engolir sapos' e a ser menos orgulhosa, a dar mais o primeiro passo. Mas isso não é, nem pode ser sinónimo de submissão. Isso não pode querer dizer que uma pessoa tenha de pedir desculpa por coisas sobre as quais não tem culpa. Nada justifica isso em prol do feitio de ninguém. Tenho para mim o facto de se encarar o orgulho muitas vezes como um defeito, faz com que se acabe por roçar a falta de amor próprio. Ser orgulhoso é bom quanto baste. Ninguém tem de se sob valorizar em prol de outrem. É uma aprendizagem demorada mas que precisa de ser feita. Ao inicio custa, até porque aprendi a ser tão 'pouco orgulhosa' e a dar tantas vezes 'mais o braço a torcer' que isso só me trouxe dissabores. Até porque com o desenvolvimento da personalidade, vamos aprendendo que não temos de andar atrás dos pés de ninguém. Se não temos culpa, não é um problema de orgulho nosso de não darmos o primeiro passo, mas sim um problema da outra pessoa de ter um orgulho tão grande que não é capaz de nos pedir desculpa. E oh, a palavra desculpa tem tanto peso...

Autoria e outros dados (tags, etc)

publicado às 23:19


1 comentário

Imagem de perfil

De filipa. a 09.06.2015 às 00:05

coisas tão simples da vida em que nós tendemos a complicar...e depois ela dá-nos pequenas lições. :)

Comentar post



Mais sobre mim

foto do autor