Saltar para: Post [1], Comentários [2], Pesquisa e Arquivos [3]



Quanto ao caso da Figueira da Foz...

por cem-noites, em 14.05.15

É, efectivamente, uma hipocrisia. É ridículo ao ponto a que a nossa sociedade chegou. Eu pergunto-me o que seria daquele miúdo se ele não tivesse tido a 'sorte' do vídeo vir parar à internet. Porque nós portugueses somos assim, só gostamos de coisas com grande aparato para sermos todos falsos moralistas nas redes sociais. Porque as pessoas estão muito mais preocupadas em chicotear as miúdas em praça pública do que em debruçar-se sobre um problema. Um problema grave e real. Não único. Que acontece. Acontece em cada canto de uma escola. Às vezes através de uma forma mais brutal ainda, das palavras. Não é preciso murros ou pontapés para magoar. Quantos casos não teremos nós com dimensões gigantescas que são calados? Não há vídeos mas eles existem. Bem perto de nós. Basta estarmos atentos e abrirmos os olhos. Enquanto bons cidadãos que apregoamos ser, lembramos-nos do bullying porque nos esfarrapam à frente dos olhos um vídeo. Um vídeo que podíamos reproduzir às centenas por todas as situações que se passam todos os dias no nosso país. É preciso alguém publicar um vídeo todos os dias para nos lembrarmos que este é um problema presente? Daqui a uma semana vai toda a gente esquecer-se do caso, figuras públicas e anónimos. E daqui a uns meses, quando acontecer outro caso de violência chocante voltamos todos a lembrar-nos do problema, boa?

Autoria e outros dados (tags, etc)

publicado às 11:14


1 comentário

Imagem de perfil

De Miguel Alexandre Pereira a 14.05.2015 às 21:55

Um belo retrato da sociedade nestes tempos, subscrevo totalmente cada palavra!

http://ummarderecordacoes.blogs.sapo.pt/

Comentar post



Mais sobre mim

foto do autor