Saltar para: Post [1], Pesquisa e Arquivos [2]



quem é o maior cego?

por cem-noites, em 27.02.16

Hoje dei o pacote de bolachas que tinha na mala a um sem abrigo. Ele não estava a pedir. Encontrava-se apenas no túnel de acesso que vai dar ao metro. Inicialmente desci as escadas pronta para continuar a minha vida, mas fiquei a pensar no cenário que tinha acabado de ver. Subi as escadas, estendi-lhe as bolachas e perguntei-lhe se queria. Aceitou sem hesitar, disse que eram boas (eram apenas bolachas de água e sal, vejam como tão pouco pode significar tanto para alguém) e sorriu-me. Agora sim, estava pronta para seguir a minha vida. Eu não ia ficar bem se não o tivesse feito.

Agora estou aqui, em casa. Tenho um teto sobre a cabeça e estou atulhada de lençóis e roupa quentinha. Está um frio desgraçado e lá fora chove a potes. E eu estou a pensar naquele senhor que hoje ajudei. E penso nele como o representante de uma pluralidade de pessoas que se encontra na mesma situação. A miséria faz-me, de facto, muita confusão. Estas pessoas estão nuas. Perderam tudo, até a sua dignidade. E depois vêm noticiar que o Estado gasta vários milhares de euros a comprar faqueiros? Desculpa Portugal, isso eu não entendo. Portugal, nisto não tens desculpa. 

Autoria e outros dados (tags, etc)

publicado às 01:04



Mais sobre mim

foto do autor